14/04/2024

Acordo de Mendes manda Cira buscar “sonegadores contumazes”

Governo e MPE firmaram termo de cooperação; Comitê busca recuperar R$ 350 mil ainda em 2019

O governador Mauro Mendes (DEM) assinou, na última semana, um acordo de cooperação técnica com o Ministério Público Estadual e determinou que o Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos (Cira) encontre “sonegadores contumazes” do Estado.

 

Nas cláusulas, o democrata estabelece que o comitê deverá encontrar os grandes devedores priorizando ações para inibir “práticas lesivas e recuperar os respectivos créditos tributários”.

 

Segundo o governador, hoje existem 129 processos em andamento no comitê. Somados, o valores chegam a R$ 5 bilhões. O objetivo do comitê é recuperar até R$ 350 mil ainda em 2019.

 

“Temos mais de uma centena de processos que estão sob investigação, sob análise. A partir de hoje com esse novo convênio, as ações serão intensificadas. Para aqueles que insistem em praticar atos contra a legislação sob o ponto de vista fiscal, vai ficar cada dia mais perigoso. Essas pessoas poderão, inclusive, parar na cadeia”, afirmou o governador.

 

O Grupo terá como objetivo o foco de grande potencialidade lesiva ao erário e fraudes estruturadas contra a ordem tributária

Ainda no acordo, Mendes determinou que o Cira faça um levantamento de pessoas físicas e jurídicas envolvidas em fraudes estruturadas e executadas contra a administração pública. “Bem como dos grandes devedores, objetivando gerar e disponibilizar informações para ajuizamento de medidas visando à consecução deste acordo de cooperação técnica”.

 

Além disso, o acordo ainda prevê que o Cira proponha medidas judiciais e administrativas que resultem na responsabilização administrativa, civil e criminal dos acusados.

 

“O grupo terá como objetivo o foco de grande potencialidade lesiva ao erário e fraudes estruturadas contra a ordem tributária e a administração pública; de mecanismos de lavagem de dinheiro e/ou ocultação de patrimônio que visam frustrar as ações de recuperação de ativos públicos”, enumerou Mendes.

 

“Planejar e executar ações preventivas e/ou repressivas que visem a garantia e defesa, inclusive em caráter cautelar, de interesse e/ou patrimônio público, bem como da ordem econômica e tributária do Estado de Mato Grosso”, completou.

 

Além de Mendes, o acordo foi assinado pelos principais líderes do comitê: o procurador-geral de Justiça José Antônio Borges; o secretário-chefe da Casa Civil Mauro Carvalho; secretário de Segurança Alexandre Bustamente; o secretário de Fazenda Rogério Gallo; o procurador-geral do Estado Francisco de Assis; e o secretário-controlador do Estado Emerson Hideki.

 

Fonte: https://www.midianews.com.br/politica/acordo-de-mendes-manda-cira-buscar-sonegadores-contumazes/349792

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
DP TESTE

Powered by WP Bannerize