Pinheiro negou “forçação de barra” para nome de Márcia Pinheiro ser aprovado na Federação PT/PCdoB/PV visando ao Senado

(por Lucione Nazareth & Kleyton Agostinho/VGN)

Reprodução

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), descartou qualquer possibilidade da sua esposa, a primeira-dama Márcia Pinheiro (PV), disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) nas eleições deste ano. Segundo ele, uma candidatura dela para o cargo de deputada pode atrapalhar o projeto político de alguns aliados.

“Uma candidatura a deputada estadual, que nasce no seio do nosso grupo político de várias correntes da sociedade, ela acaba prejudicar projetos de companheiras e companheiros que estão aí ao nosso lado e colaboraram com a nossa primeira e segunda gestão, e que estão ao nosso lado construído um projeto político dentro do nosso grupo”, declarou Pinheiro.

O emedebista afirmou que não seria “justo” Marcia concorrer a deputada, tendo o marido (ele Emanuel) prefeito da Capital e o seu filho como deputado federal, Emanuel Pinheiro Neto – popular Emanuelzinho (MDB). “Então ela pode contribuir para algum outro cargo ou também não ocupando cargo algum”, destacou.

Sobre a pretensão de colocar o nome da primeira-dama na disputa ao Senado, Emanuel disse que tudo dependerá da aprovação por parte da Federação: PT/PCdoB/PV, e que caso o nome dela seja “chancelado”, Márcia tem grandes chances de sair vitoriosa das eleições de outubro.

“O processo está começando agora. Aonde o nome da Marcia surge para somar, agregar. Surge para fortalecer o PV, nosso grupo, Cuiabá, nossa região, o empoderamento da mulher no Estado de Mato Grosso, e efetiva mulher na política, mas como disse, necessariamente não precisa ter cargo para isso. Porém, se a Márcia entrar, acho que ela vai ser eleita, mas não depende de mim. Depende da Federação. O Stopa apresentou o nome dela para agregar, não tem forçação de barra”, finalizou.

Fonte: https://www.vgnoticias.com.br/politica/emanuel-descarta-candidatura-de-marcia-pinheiro-a-almt-e-projeta-senado/89296