15/06/2024

Selma admite aliança com Taques, mas diz que decisão é da sigla

Pré-candidata afirma que não há mais pessoas no palanque que a deixariam desconfortável

A pré-candidata ao Senado, juíza aposentada Selma Arruda (PSL), disse não ter mais veto a seu partido estar na mesma chapa que o governador Pedro Taques (PSDB), que vai à reeleição.

No início de junho, Selma disse ao MidiaNews que se sentiria desconfortável em estar no palanque tucano por conta de alguns aliados de Taques. Agora, segundo ela, o cenário mudou.

“No palanque do Pedro Taques eu não me sinto desconfortável. Eu me sentiria desconfortável com algumas pessoas as quais me referi. Tinha gente ali com quem eu não subiria no palanque. Mas são pessoas que acho que não vão estar mais”, afirmou.

Nesta semana, a ex-juíza se encontrou com o governador Pedro Taques, que a convidou para compor sua chapa, como candidata ao Senado.

Os partidos precisam priorizar as candidaturas a deputado federal, porque é o número de deputados que traz o aporte financeiro

Apesar disso, a pré-candidata disse que a escolha do grupo ao qual o PSL fará parte caberá a uma análise interna do partido.

De acordo com ela, será preciso escolher um local no qual seja possível eleger o maior número de deputados federais.

“Nós estamos estudando ainda. Eu não sou o partido. A regra para todos os partidos tem que ser priorizar a eleição de federais. Então, em qualquer coligação, a que agrade ou não a Selma, a primeira coisa a olhar é se tem chance de eleger federal”, explicou.

“Os partidos precisam priorizar as candidaturas a deputado federal, porque é o número de deputados que traz o aporte financeiro do fundo partidário e que dá o tempo de TV. Tem que analisar isso”, disse.

Sem recuo

Selma disse ter recebido, nas últimas semanas, convites para disputar outros cargos, como o de vice-governadora.

Ela, entretanto, mantém a pré-candidatura ao Senado, mesmo com o imbróglio para definir uma chapa.

“Faz tempo que recebi esses convites e recebi agora recentemente novamente. É um convite que, às vezes, se repete. Mas mantenho a pré-candidatura ao Senado, desde que minhas condições continuem a ser aceitas pelo partido”, afirmou.

Segundo ela, uma reunião nos próximos dias, entre os principais líderes do partido, deve definir qual o rumo nas eleições deste ano.

 

Fonte: http://www.midianews.com.br

Similar Articles

Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Advertisment
VOTO CONSCIENTE

Powered by WP Bannerize

Recentes

Advertisment
VOTO CONSCIENTE

Powered by WP Bannerize